08 março 2012

O que me nutri, me destrói!


Hey! Hoje vou abordar um assunto delicado.
Já ouviu falar da Ana e da Mia? Talvez não dessa forma. Pra ficar mais claro, Anorexia e Bulimia? Com certeza já. Se não, vou explicar.
Sei que todos (principalmente nós mulheres) nunca estamos satisfeitos com nosso próprio corpo. Ouso dizer que é impossível de existir alguém que seja 100% satisfeito com si mesmo. Eu confesso que eu, mesmo pesando 47 Kg me sinto gorda as vezes. "Defeitos" que só a gente consegue ver.
Atualmente no mundo pessoas estão morrendo por questões estéticas,elas buscam a adaptação ao padrão de beleza, pois nos últimos trinta anos, o padrão de beleza imposto pela mídia é o da magreza extrema ou fisico malhado, impondo, principalmente para as mulheres, uma luta com o seu próprio corpo para conseguirem atingir uma forma quase esquelética, considerado pelo mundo atual o corpo belo. Porém muitas para conseguirem alcançar o seu objetivo recorrem a dietas pesadas, malhação exagerada ou até a isenção completa da comida, este reducionismo causa distúrbios alimentares, os mais conhecidos são a anorexia, e bulimia.

Anorexia...

A anorexia é um transtorno alimentar que é caracterizado por uma perda deliberada do peso e principalmente por um pavor enorme de engordar mesmo estando abaixo do peso normal, quem sofre deste distúrbio tem uma imagem distorcida do próprio corpo. É uma doença muito grave, e muitas vezes mortal apelidada de Ana pelas anoréxicas ou anorécticas, que mata aos poucos, silenciosamente, na maioria das vezes atinge jovens de 15 a 25 anos, que ao entrarem desta dieta mortal para atingirem o corpo perfeito, acabam afetando o seu metabolismo e seu crescimento, pois é nesta faixa que o corpo se desenvolve para entrar na fase adulta. Estas jovens consideram a doença como sua única amiga, e seguem fervorosamente uma dieta brutal, às vezes ficam dias sem comer.
Sintomas:
- Medo intenso a ganhar peso, mantendo-o abaixo do valor mínimo normal.
- Pouca ingestão de alimentos ou dietas severas.
- Sensação de estar gorda quando se está magra.
- Grande perda de peso (freqüentemente em um período breve de tempo)
- Sentimento de culpa ou depreciação por ter comido
- Hiperatividade e exercício físico excessivo
- Perda da menstruação
- Excessiva sensibilidade ao frio
- Mudanças no caráter (irritabilidade, tristeza, insônia, etc.)



Bulemia...

Assim como na anorexia, a bulimia é uma síndrome causada por vários fatores biológicos, psicológicos, familiares e culturais, porém a doença é o contrario da anorexia pois as pessoas ingerem grandes quantidades de alimentos se tornando compulsiva, e depois, utilizam métodos compensatórios, como vômitos induzidos, uso de laxantes e diuréticos e prática de exercícios acentuados como forma de evitar o ganho de peso pelo medo de engordar, mas diferente da anorexia, na bulimia não há perda de peso, assim dificultando a detecção da doença. A doença ocorre mais freqüentemente em mulheres jovens em torno de 17 anos, embora possa ocorrer mais raramente em homens e mulheres com mais idade essas pessoas têm vergonha de seus sintomas, evitam comer em público e evitam lugares onde precisam mostrar o corpo. À medida que a doença vai se desenvolvendo, essas pessoas só se interessam por assuntos relacionados à comida, peso e forma corporal.
Sintomas:
- Comer compulsivamente em forma ataques de fome e a escondidas
- Preocupação constante em torno da comida e do peso
- Condutas inapropiadas para compensar a ingestão excessiva com o fim de não ganhar peso, tais como o uso excessivo de fármacos, laxantes, diuréticos e vômitos provocados.
- Manutenção do peso pode ser normal ou mesmo elevado
- Erosão do esmalte dentário, podendo levar à perda dos dentes
- Mudanças no estado emocional, tais como depressão, tristeza, sentimentos de culpa e ódio para si mesma.


Casos conhecidos...


Anahí. Não poderia de deixar de citar quem me deu o maior exemplo de superação. Enfrentou um distúrbio alimentar grave, anorexia nervosa. Em seu peso mais baixo, ela pesava aproximadamente 35 quilos, estava dentro e fora dos cinco centros de tratamento diferentes, e tinha sido enviada para vários médicos e psicólogos em torno México. No dia 29 de abril de 2001 a cantora voltou de viagem de férias com a família, e começou a ter sensações de desmaios, sendo levada às pressas para um hospital, onde seu coração parou por oito segundos.

Ana Carolina Reston Macan. Morreu vítima de anorexia nervosa, depois que o seu quadro se agravou e evoluiu para uma infecção generalizada. Carolina tinha cerca de 40 quilos e 1,74 m de altura e foi internada com insuficiência renal.

Isabelle Caro. Contraiu a doença aos 12 anos, chegou a pesar 25 quilos, para os seus 1,64 metros. Foi com esse peso que, em 2006 entrou em coma.
Como ajudar...
Familiares e amigos podem entrar em contato com hospitais locais OU centros médicos universitários para obter informações sobre os transtornos alimentares e sobre os médicos e clínicas especializadas no tratamento dessas doenças. Familiares e amigos deveriam ler tanto quanto possível sobre transtornos alimentares, para poder ajudar os pacientes a atender o próprio problema. Algumas entidades de saúde mental e grupos de auto-ajuda fornecem literatura gratuita sobre transtornos alimentares.

-Pesquisando sobre o assunto encontrei esse blog. Como se fosse um diário de uma pessoa que teve bulimia.
-Aqui é um fórum com relatos de pessoas que tiveram o mesmo problema.
-Vigilantes do Peso. Empresa voltada para a reeducação alimentar e comportamental. Funciona na base de reuniões semanais, nas quais as pessoas recebem orientação nutricional e compartilham suas experiências. Os freqüentadores pagam uma taxa para se inscrever e uma taxa menor por reunião.
-Comedores Compulsivos Anônimos. Grupo de auto-ajuda inspirado no modelo dos Alcoólicos Anônimos - AA. Os membros seguem um programa de recuperação de 12 passos e se reúnem semanalmente para compartilhar experiências. O grupo não cobras taxas.
-GATDA - Grupo de Apoio e Tratamento dos Distúrbios Alimentares. Fornece informações sobre anorexia, bulimia, compulsão alimentar e obesidade. Também indica locais para tratamento em todo Brasil.

Você olha ao espelho,
a imagem é distorcida...
Você não se encontra em seu próprio reflexo,
e se sente abandonada.
Não se deixe enganar,
Essa imagem não é real...
Pouco a pouco a ferida se fechará,
E você deixará para trás o pesadelo.
Apenas respire, respire pela vida
Saiba que para sempre haverá uma mão amiga!
Apenas respire, respire pela vida
Não tenha medo, se agarre a sua vida!!!
Grita e te salvarei...
Grita e te ajudarei...

VOCÊ NÃO PRECISA SER PERFEITA SÓ PRECISA SER VOCÊ! Seleide Cavalcante.

Fonte.
Beijos Mágicos.

10 comentários:

  1. Olá, parabéns pelo seu blog! Estou lhe seguindo, espero uma visita no meu, veja as novidades que estão rolando, não fique de fora, esta esperando o que? ;*


    - Blog: http://gah-gabriel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. menina, que péssimo
    tenho uma pessoa mto próxima d emim, que teve anorexia!
    Graças a Deus se recuperou!!
    Adorei o post! A última ali eu não tinha ouvido falar! Ela morreu ou ainda está em coma?

    Feliz dia da mulher! Beeeijooos

    http://re-becah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, como vai? Estou aqui pela primeira vez em seu cantinho e estou amando! Tem muitas variedades, e é tudo de bom! Parabéns pelo blog, já estou entusiasmada com tantas coisas que nele há, (risos). Muito sucesso e Feliz Dia da Mulher.
    Beijinhos...
    http://blogparisvie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que volte sempre e sempre haha. Obrigada!

      ;*

      Excluir
  4. retribuindo a visitinha e já seguindo :)
    amei o blog, sucesso!
    e já tive problemas alimentares e sei como é complicada a história

    Beijos&commuitogloss:*

    ninapretty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Gostei MUITO de ler sobre esse assunto. Tenho uma amiga que passa por um problema desses, e juro que seu post ajudou muuito.

    Beijo
    http://semquerermeintrometer.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah fico feliz que eu posso ter ajudado um pouquinho!

      ;*

      Excluir